Tecnologia do Blogger.

domingo, 22 de dezembro de 2013

Por Redação São João Agora
Publicado em 22/12/2013


Esta é a coluna Notícias de Antigamente! Diariamente, no São João Agora, você encontrará notícias e anúncios publicados pelos jornais sãojoanenses nos séculos 19 e 20. Embarque conosco nesta viagem pelo tempo!

O Porvir - 18 de Dezembro de 1937 - Edição 265 - Ano 15 - Jornal do Ginásio Santo Antônio, de São João del-Rei

A criança, a maior vítima do comunismo.
---
O PERIGO DA INFILTRAÇÃO VERMELHA NAS OBRAS EDUCACIONAIS DA INFANCIA
Comunicado do Serviço de Divulgação da Chefia de Polícia do Distrito Federal


---

Uma das mais acertadas medidas do presidente da República no sentido de expurgar o Brasil dos perigos da infiltração vermelha, foi o exame cuidadoso e a seleção dos livros didáticos destinados á mocidade das escolas secundárias e primárias.

[...]

Assim, nas escolas e em tôdas as bibliotecas infantis surgem livros de aparência atraente, com ilustrações vistosas e matéria empolgante, mas civada de princípios falsos de origem, ou propositadamente falseados, para que no espírito da criança apareça a dúvida ou se assentem bases contrárias ás tendências de nossa raça e aos ditames tradicionais de nossa cultura e educação.

[...]

Joseph Stalin, o tirano dos soviets, em recente discurso no Congresso da Mães, chamou a atenção para o aumento da criminalidade infantil e declarou que o Estado aplicará medidas enérgicas, e mesmo a pena capital, para impedir que recrudeça o surto criminoso que verificando entre os menores de 12 a 16 anos em todo o território sob o jugo vermelho.

Não conseguiram os comunistas, em duas décadas de aplicação do regimem crear uma mentalidade sadia entre as crianças e ameaçam retrogradar aos tempos da barbaria aplicando a pena de morte deante da falência do sistema educacional que crearam.

[...]

Permitir a propaganda encoberta dos comunista entre as crianças, é preparar para nossa terra, uma época igual a que nos descreve Max Eastman em seu livro, "O fim do socialismo na Rússia": O paraíso soviético não impede que morram de fome milhares de crianças pelas ruas e que milhões delas se tornem ladras para não morrer de fome. E os que erram porque não têm o amparo do Estado, vão para as prisões que ainda são na Rússia as melhores escolas do crime.

(O PORVIR. São João del-Rei: Tipografia Assis, 1937, ed. 265, p. 2)

0 comentários:

Postar um comentário

Tempo